Serie: Sobrevivi à pós-graduação – Aprenda a pedir ajuda

Via Indipendenza em Bologna iluminada

Talvez você seja uma pessoa aberta a pedir ajuda sempre que se vê estagnado em alguma coisa e entende que toda pesquisa é feita de troca de informação. Essa dica é importante para o outro tipo de pessoa. Aquela que acha que tem que saber tudo e que ter dúvidas e fazer perguntas pode demonstrar uma fraqueza, que te faz menor ou inferior de alguma forma. Se você se identifica nesse momento com a segunda descrição continue lendo.

A primeira coisa que gostaria de reforçar nesse texto é que perguntar e pedir ajuda demonstra que você se importa e que está buscando aprender! Não estou falando para pedir ajuda a cada vírgula, mas para aqueles momentos que já tentou resolver um problema de mais de uma forma e continua tendo um problema… Nesses momentos fazer parte de um grupo de pesquisa ou frequentar um laboratório ajuda bastante. Pois muitas vezes o colega que está sentado no computador ao lado já passou por essa situação e poderá te ajudar. Se não fizer parte de um grupo, pode recorrer a comunidades online e escrever aos seus professores orientadores/supervisores.

Não espere passar o tempo para pedir ajuda. Aproveite todos os momentos da pós-graduação enquanto é considerado um período de formação para aprender. Afinal de contas, se já soubesse todas as respostas esse trabalho não seria necessário. É importante lembrar que atividades de pesquisa geralmente lidam com a fronteira do conhecimento e pode acontecer de ter que lidar com perguntas que ainda não tem uma resposta mesmo. Não se cobre excessivamente : )

Sempre que precisar, peça ajuda.

Se está lendo esse livro antes da pós-graduação: Perguntar e pedir ajuda demonstra que tem interesse. Vale para qualquer coisa que queira aprender.

Se está lendo esse livro durante a pós-graduação: Lembre-se que perguntar e pedir ajuda demonstra que tem interesse. Ah OK, exagerei no CTRL+C (copiar), CTRL+V (colar) mas espero que tenha entendido a ideia. Peça ajuda sempre que estiver agarrado em algum problema.

Se está lendo depois: Você se sentiu julgado por pedir ajuda? Você julgou alguém que te procurou para pedir ajuda?


Se achou util compartilhe!

Bom 2021 para todos!

Deixe esse post ainda mais útil! Escreva algo aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s