Dica LaTeX: Conjunto de Números

Caso precise representar um conjunto de números, como o conjunto dos números Naturais ou conjunto de números Reais por exemplo, basta incluir o pacote:

\usepackage{amssymb}

e usar o comando \mathbb{} que funciona sempre dentro do ambiente matemático. Segue um exemplo:

$\mathbb{N}$

Produz o símbolo:

Use sempre o mesmo comando para outras letras:

   $\mathbb{Z}$ - números inteiros\\
   $\mathbb{N}$ - números naturais\\
   $\mathbb{Q}$ - números racionais\\
   $\mathbb{R}$ - números reais\\
   $\mathbb{C}$ - números complexos

Referências:

[1] Sodre, Ulysses. LATEX para Matemática com o TeXnicCenter. 2006. URL: <http://www.uel.br/projetos/matessencial/superior/pdfs/latexmat.pdf>
[2] (lista de discussão) Símbolos em LaTeX. 2001. URL <https://www.ime.usp.br/~gold/cursos/2001/mac212/lista/msg00011.html>

Dica LaTeX: Alinhamento ambiente enumerate

pedras de diferentes tamanhos em equilíbrio sobre um joelho. Vê-se o mar azul ao fundo.

Seguindo o post anterior com Dicas sobre o uso de números romanos no ambiente enumerate do LaTeX, segue uma dica adicional sobre o alinhamento.

Vamos usar como exemplo uma lista com tópicos e sub-tópicos em três níveis utilizando o ambiente enumerate:

\begin{enumerate}
    \item Primeiro nível da lista;
    \begin{enumerate}
        \item Segundo nível da lista;
        \begin{enumerate}
            \item Terceiro nível da lista;
            \item No mesmo nível só para conferir o alinhamento;
        \end{enumerate}
        \item outro item para conferir alinhamento;
    \end{enumerate}
    \item De volta ao primeiro nível;
\end{enumerate}

Que gera a seguinte saída utilizando por padão arábicos para o primeiro nível, letra minúscula para o segundo e romanos para o terceiro:

Obs: se quiser usar só os algarismos romanos volte ao post anterior.

Para que a lista seja alinhada à esquerda, deve-se adicionar dois comandos antes do início do documento:

\SetLabelAlign{fixedwidth}{\hss\llap{\makebox[2.5em][l]{#1}}}
\setlist[enumerate]{label=\arabic.,leftmargin=0pt,align=fixedwidth}

Que gera a seguinte lista com os números alinhados à esquerda:

O comando setlist define o rótulo a ser usado, e, no exemplo, está definido “arabic”. Caso queira usar os algarismos romanos, basta trocar esse rótulo para \roman (que gera romanos com letra minúscula: i, ii, iii…) ou \Roman (que gera romanos com letra maiúscula: I, II, III…).

Exemplo:

Obs: O rótulo que for adicionado no ambiente conforme visto no outro post, será sobrescrito por esse comando.

Referência:

  1. Pergunta do Stack Exchange (em inglês): https://tex.stackexchange.com/questions/236367/left-aligning-nested-labels-in-enumerate

Dica LaTeX: Listas com números romanos

ruínas romanas com placa escrita lungo corridoio

Da série comecei a escrever isso há anos e deixei como rascunho. Como tive essa dúvida hoje de novo! resolvi salvar por aqui os exemplos que achei. Ao final incluí as principais referências que me ajudaram. Caso tenha dúvidas ou dicas deixe um comentário ao final!

Para fazer uma numeração simples no LaTeX existe o ambiente “enumerate” (lembrando que para listas simples existe o “itemize”).

Exemplo de uso do Enumerate simples:

\begin{enumerate}
    \item primeiro item da lista;
    \item segundo item da lista;
    \item assim por diante \ldots
\end{enumerate}
Screen Shot 2020-09-25 at 13.39.50

No entando, quando precisa, ou prefere, usar números romanos para criar as listas é necessário incluir um pacote para configurar o item da enumeração:

\usepackage{enumitem}

E adicionar um comando opcional com um rótulo ao final da primeira linha (do ambiente enumerate):

\begin{enumerate}[label=\Roman*.]
    \item primeiro item da lista com números romanos;
    \item segundo item da lista com números romanos;
    \item assim por diante \ldots
\end{enumerate}

Resultado:

O rótulo “\Roman” iniciando com a primeira letra maiúscula cria uma lista com romanos maiúsculos. Caso deseje minúsculos use “\roman”. O resto do comando é igual.

Outra coisa que eu precisei, foi criar uma enumeração dentro de outra, exemplo: 1.1, 1.2 ou, no caso, em romanos, I.i, I.ii, etc.

Para isso, é preciso adicionar duas linhas antes do início do documento para indicar que quer usar os rótulos nesse formato:

\renewcommand{\labelenumii}{\theenumii}
\renewcommand{\theenumii}{\theenumi\roman{enumii}.}

Nesse exemplo eu quis usar as numerações em romanos. Mas caso precise fazer o mesmo para números arábicos basta trocar o rótulo para \arabic:

\renewcommand{\labelenumii}{\theenumii}
\renewcommand{\theenumii}{\theenumi\arabic{enumii}.}

Esses exemplos mostram os números alinhados à direita por padrão. Caso queira alinhar à esquerda consulte o próximo post 😉

Referências:

  1. Referência em português para inúmeras questões sobre LaTeX: https://latex.net.br/faq/FAQ-enumerate.html
  2. Referência (em inglês) com exemplos: http://tex.stackexchange.com/questions/26882/roman-numerals-for-sections-and-subsections
  3. Referência (em inglês) com vários exemplos de como usar listas itemize e enumerate no LaTeX https://www.latex-tutorial.com/tutorials/lists/

Material Curso de Verão PGMC 2016 – LaTeX + Beamer

Esse ano participei como professora no Curso de Verão do Programa de Pós-Graduação em Modelagem Computacional da Universidade Federal de Juiz de Fora, com o minicurso: LaTeX + Beamer.

Foram duas semanas de aulas em que eu acabei aprendendo muito mais do que esperava! Espero que todos tenham absorvido o máximo possível e possam desenvolver documentos e apresentações com maior qualidade a partir desse curso.

Vou disponibilizar aqui os PDFs das aulas:

15/02/2016 – aula1 – Introdução ao LaTeX e ferramenta TeXstudio. 22/02/2016 – aula6 – Mais elementos de formatação.
16/02/2016 – aula2 – Formatação, listas, seções e teoremas. 23/02/2016 – aula7 – Desenhando com Tikz
17/02/2016 – aula3 – Elementos flutuantes (figuras e tabelas), organização do documento, definição de comandos e contadores. 24/02/2016 – aula8 – Apresentações com a classe beamer, frames, blocos, colunas e overlays.
18/02/2016 – aula4 – Modo matemático, fórmulas, símbolos e equações em várias linhas. 25/02/2016 – aula9 – Mais recursos do beamer, sumário, temas, apêndice, hiperlinks e código.
19/02/2016 – aula5 – Bibliografia, arquivo .bib e abnTeX2 26/02/2016 – Modelos de tese e dissertação do programa.

Clique aqui para mais informações sobre o modelo adotado pelo PPGMC-UFJF e procedimentos de defesa.

O material desenvolvido foi baseado em várias fontes disponíveis:

Qualquer dúvida ou sugestão deixe um comentário!

LaTeX – alinhar bloco de equações

Estava sentindo falta de escrever um tutorial então vamos lá! Esse blog começou porque queria salvar coisas que me ajudaram bastante em algum momento e que pudesse ajudar outras pessoas, e a mim mesma no futuro porque esqueço as coisas muito facilmente. Acho que a maioria dos acessos ao post  Instalação do Driver da Nvidia no Fedora 19 devem ser meus mesmo…

Dou preferência ao português pra facilitar a vida dos colegas que falam português. Sim, tenho acessos de Portugal e outros países que falam português o que acho o máximo! Muito obrigada pelos acessos! 🙂 No momento o post que tem mais acessos de forma geral é o Algoritmos no LaTeX em português 🙂

Bom, tenho usado LaTeX no dia a dia para criar relatórios e salvar experimentos e acabo utilizando os modelos de artigo e relatório padrão e gosto de alinhar todas as equações quando começo um novo documento. Mas não necessariamente um modelo pronto já vai alinhar os blocos de equações automaticamente então vou apresentar algumas opções aqui caso também queira e/ou precise alinhar equações ou blocos de equações no seu documento LaTeX.

Alinhar equações no LaTeX

Existe uma forma simples de alinhar à esquerda todas as equações de um documento LaTeX: basta usar a opção fleqn no início do documento. Por exemplo, se for criar um artigo a primeira linha deve ser parecida com essa:

\documentclass[fleqn,12pt]{article}

Somente acrescentar essa opção já será suficiente para trazer suas equações para a esquerda. Considere o seguinte código como exemplo:

\documentclass[12pt]{article}
\begin{document}
\section{Exemplo}
Bloco de equacoes:
\begin{eqnarray}
a_1 = b_1+c_1 \\
a_2 = b_2+c_2-d_2+e_2
\end{eqnarray}
\end{document}

Observe que estou usando o ambiente eqnarray para definir o bloco de equações mas a opção funciona também para uma equação definida no ambiente equation. Saída gerada pelo código acima antes e após acrescentar a opção fleqn no início do documento:

Resultado antes.
Resultado antes.

Resultado depois.
Resultado depois.

Possivelmente o seu conjunto de equações não terá o mesmo número de termos e, mesmo após inserir a opção fleqn, ainda estará desalinhado entre si como no exemplo acima. Para resolver alinhamento entre as equações, basta usar o caractere “&” cercando as igualdades como no fragmento de código abaixo:

\begin{eqnarray}
a_1 &=& b_1+c_1 \\
a_2 &=& b_2+c_2-d_2+e_2
\end{eqnarray}

Poderia terminar o post por aqui, mas se ainda não estiver satisfeito e quiser trazer as equações para o mesmo alinhamento do texto, ainda existe outra opção que modifica a identação de todas as equações no documento:

\setlength{\mathindent}{0pt}

Esse comando deve ser inserido no início do documento após a definição da classe e antes do \begin{document}, onde normalmente define os pacotes que serão utilizados. Abaixo, a diferença de alinhamento utilizando o caractere “&” e após modificar a identação:

Alinhamento com caractere & e após modificar identação das equações. A linha vermelha foi colocada para ajudar a visualizar a diferença em relação ao texto.

 

Já citei no post Algoritmos no LaTeX em português uma ótima referência em inglês sobre LaTeX é o blog texblog.

Espero que tenha ajudado! Qualquer dúvida pode deixar nos comentários que respondo!

Dica: Aplicativos que Reconhecem Equações Manuscritas

 

Segue uma dica rápida para quem usa iPad/iPhone e gostaria de escrever equações à mão livre e convertê-las para os formatos: .jpg, LaTeX ou MathML. Essa dica é util principalmente para quem precisa utilizar equações nos formatos acima em um aplicativo no iOS, por exemplo, enquanto estiver montando uma apresentação com equações no Keynote.

MyScript MathPad
MyScript MathPad

 

Isso é possível utilizando o aplicativo MyScript MathPad (iTunes). Ao escrever uma equação à mão livre é possível salvar, gratuitamente, como uma imagem .jpg que pode ser utilizada em qualquer outro aplicativo. O aplicativo apresenta um tutorial bem simples assim que abre e possui vários símbolos reconhecíveis! Muitos mesmo!

Seguem algumas capturas de tela:

MyScript MathPad
MyScript MathPad no iPad

MyScript MathPad
MyScript MathPad no iPhone

Outras funcionalidades bastante interessantes a partir da versão paga são:

▫️ copiar a equação para ser calculada com o aplicativo WolframAlpha;
▫️ exportar para o formato LaTeX (texto a ser importado por outra ferramenta que compile LaTeX);
▫️ exportar no formato MathML.

MyScript Calculator Logo

 

O mesmo desenvolvedor (Vision Objects) ainda oferece uma calculadora que reconhece as expressões digitadas à mão livre e efetua os cálculos 🙂 que é a MyScript Calculator. Essa calculadora está disponível em várias plataformas: iTunes, Google Play, Samsumg Apps e Amazon Apps 

Segue um exemplo de reconhecimento de uma expressão escrita e apresentação do resultado no iPhone:

MyScript Calculator no iPhone

Achei muito interessante esses aplicativos e quis compartilhar essa dica! Comentários e sugestões são sempre bem vindos!

Até mais!

Plantar um livro, ter uma árvore, escrever um filho…

Escrita
Escrita de textos científicos.

Introdução

Já ouvi por aí quem compare escrever uma tese de doutorado a ter um filho. Isso seria o maior tempo de gestação existente (4 anos) já que a salamandra alpina – maior tempo de gestação animal conhecido – leva de 2 a 3 anos dependendo da temperatura [fonte].

Bom, quem já entrou ou pretende entrar para a pós graduação deve saber que dependendo do rigor da instituição, esse processo de escrita pode se tornar realmente bastante difícil. Por isso reuni nesse post alguns links com dicas úteis de organização textual e de formatação para ajudar no processo de desenvolvimento de uma tese.

Dicas para organização textual da tese

Para começar gostaria de indicar duas páginas brasileiras que tratam de assuntos da pós-graduação em geral, não somente do texto, de formas diferentes:

  • Pós-graduando: aborda de forma divertida problemas cotidianos da pós-graduação. Tem alguns posts realmente muito úteis que indico, como os que estão dentro do menu iniciantes. (Incluindo um específico sobre escrita de tese aqui!) Vale a pena ler!
  • Ciência Prática: conheci essa página recentemente e achei muito interessante também pois como o próprio nome diz, a ideia é abordar questões relacionadas a carreira científica de forma bastante prática. Contém várias dicas de organização textual!

(Sem fugir do assunto) Fugindo um pouco do assunto, para descontrair indico a página americana Phd Comics que contém tirinhas como essa:

Como escrever sua tese em 10 minutos.
Como escrever sua tese com 10 minutos por dia 🙂

Como disse antes, essa página é para descontrair mesmo porque todo mundo que está fazendo pós precisa desses momentos! Alguém discorda??? O.o

Bom, mais links para ajudar a organizar sua tese seguem abaixo:

Material da Universidade Harvard:

http://www.eecs.harvard.edu/~htk/thesis.htm

Dicas da Universidade de Columbia:

http://www.ldeo.columbia.edu/~martins/sen_sem/thesis_org.html

Dicas da Universidade de Yale:

http://www.yale.edu/graduateschool/writing/forms/Writing%20Theses%20and%20Dissertations.pdf

Dicas da Universidade South Wales (Tem versões em espanhol, francês e italiano):

http://www.phys.unsw.edu.au/~jw/thesis.html

Dicas para formatação da tese

Para a formatação do texto, procure seguir as normas adotadas pela sua instituição! As instituições de ensino geralmente oferecem um modelo de teses/dissertações que deve ser seguido para ser publicado e arquivado na biblioteca. Procure conversar com seu orientador(a) e se preciso recorra à biblioteca da sua instituição para confirmar o modelo que deve ser adotado.

A tendência é que as instituições brasileiras adotem as normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) mas, como existem alguns detalhes que esse orgão não especifica, cada instituição possui a liberdade de escolher o seu.

Os modelos podem estar disponíveis tanto como um documento do MS Word como também como um documento LaTeX. Recomendo fortemente o investimento no aprendizado do LaTeX para quem tem acesso aos modelos nesse formato pois realmente depois que se aprende a utilizar esse ambiente de processamento de texto, todos os outros parecem ultrapassados.

Mais informações sobre LaTeX aqui.

Qualquer dúvida ou sugestão de material por favor deixe um comentário!

Até mais!

Algoritmos no LaTeX em Português

LaTeX
LaTeX. Fonte: http://latex-project.org

Pacotes

Caso esteja se perguntando “como colocar algoritmos na minha monografia, dissertação, tese feita em LaTeX em português”? Calma que é simples! 😀

Existem alguns pacotes para facilitar a vida de quem precisa listar algoritmos no meio do texto ( como por exemplo: algorithm e algoritmic). No entanto, geralmente os comandos estão em inglês.
Para utilizar os comandos em  português, recomendo incluir o pacote Algorithm2e.sty ao seu documento LaTeX (pode clicar aqui para baixar e mande salvar na mesma pasta que está seu texto, se quiser uma solução rápida).

Pode incluir desse jeito lá no início do documento passando entre as opções a palavra “portugues” (sem acento!):

\usepackage[portugues,ruled,lined]{algorithm2e}

Obs: inclusão de pacotes é feita depois da definição da classe (\documentclass[opcoes]{nomedaclasse} e antes do início do documento \begin{document})

Inclua também o pacote algorithmic citado acima que é utilizado junto ao algorithm2e.

\usepackage{algorithmic}

Feito isso, no local que quiser incluir a listagem com o algoritmo, escreva o código que quiser (existem comandos pré-definidos olhe mais abaixo nesse post) dentro do ambiente “algorithm” usando comandos já em português graças ao algorithm2e.

Segue um exemplo:

\begin{algorithm}[H]
\Entrada{o proprio texto}
\Saida{como escrever algoritmos com \LaTeX2e }
\Inicio{
inicializa\c{c}\~ao\;
\Repita{fim do texto}{
leia o atual\;
\uIf{entendeu}{
vá para o próximo\;
próximo se torna o atual\;}
\Else{volte ao início da seção\;}
}
}
\caption{Como escrever algoritmos no \LaTeX2e}
\end{algorithm}

O código acima gera a seguinte listagem de algoritmo no documento:

Algoritmo

Na versão que baixei do arquivo Algorithm2e.sty  tive um problema justamente com o trecho que define os nomes em português. Parece que os parâmetros estavam desatualizados. Mas só tive que substituir os parâmetros e funcionou perfeitamente!

Abra o arquivo Algorithm2e.sty e procure por “declareoption” (está na parte inicial do pacote).

Basta substituir o texto abaixo onde tiver a opção “\DeclareOption{portugues}”:


\DeclareOption{portugues}{%
 \renewcommand{\listalgorithmcfname}{Lista de Algoritmos}%
 \renewcommand{\algorithmcfname}{Algoritmo}%
 \renewcommand{\algocf@typo}{}%
 \renewcommand{\@algocf@procname}{Procedimento}
 \renewcommand{\@algocf@funcname}{Fun\c{c}\~{a}o}
 }

Substituindo esse trecho no arquivo Algorithm2e.sty garanto que resolve!

Comandos

Para saber quais são os comandos possíveis basta olhar no arquivo algorithm2e.sty mas se não tiver tanta intimidade com código LaTeX, vou dar uma colher de chá. Os comandos em português que podem ser utilizados para montar seu algoritmo são:

  • \Inicio
  • \Entrada
  • \Saida
  • \Dados
  • \Resultado
  • \Ate
  • \Retorna
  • \Repita

Agora é só escrever seus próprios algoritmos!

Qualquer dúvida ou sugestão deixe um comentário!

ATENÇÃO: Existem comandos atualizados nos comentários abaixo! Muito obrigada pelas colaborações!

Referências (em inglês):

O que é o LaTeXhttp://latex-project.org/intro.html

Blog bem completo com dicas sobre LaTeX: http://texblog.org/

Link para Algorithm2e.sty: http://www.mit.edu/~avp/sse/1.1.1/algorithm2e.sty

Sempre a wikipedia! http://en.wikibooks.org/wiki/LaTeX/Algorithms_and_Pseudocode

Mais exemplos: http://www.math-linux.com/latex-26/faq/latex-faq/How-to-write-algorithm-and